Eleições 2018 – Brasil

30/09/2018

Iremos entrar na reta final para as Eleições no Brasil… E os ânimos estão bem alterados, mas isso não é para menos, visto que  cada um quer defender o partido ou candidato ideal para assumir as “rédeas” do coração “verde e amarelo”.

Acredito que desde 1821 quando as primeiras eleições gerais foram realizadas também aconteceram movimentações calorosas, mesmo porque naquela época a influência religiosa era bem significativa…

Quase nada mudou… Do voto secreto chegamos aos extremos do voto escancarado… Tempos globalizados… Tempos tecnológicos… Tempo ocupado pelas mídias,  com a perda dos ânimos, perda do respeito, perda dos valores, perda das analises educativas, perda das conversas, perda da solidariedade, perda do amor, perda da paz…

São tantas perdas que fica impossível relatar todas elas… Perdemos cada vez mais o SER humano. Evoluimos?

Estamos vivendo tempos difíceis… De muitas lutas. As guerras não começaram agora… É fato que ninguém é dono de uma única verdade, mas se avaliarmos profundamente, no sutil e no denso, podemos perceber que o Universo emite alguns sinais de que algo não está totalmente em equilíbrio, e que precisamos unir forças e orar para que o “plano superior” vença essa batalha e que o nosso Planeta receba correntes mais positivas para vivermos em harmonia.

A outra guerra muito mais degradante, acontece aqui no mundo das formas, na qual estamos em total alienação, sendo destruídos por estarmos desconectados do amor, dos princípios básicos de convivência, da gentileza que gera gentileza, do entendimento, da flexibilidade e nos distanciando cada vez mais do “mundo civilizado”.

E de onde vem tanto ódio? Adaptar-se não significa mutilar-se… Somos seres com inteligência. Temos a capacidade de organizar, de alinhar pensamentos, sentimentos e ações. Podemos nos reprogramar. Não precisamos viver sobre a influência de quem deseja a guerra. Unidos somos mais fortes!

De modo abusivo essa luta destrói vidas… Corrói seres inocentes. E para que? Pelo “poder do ego”, pelo “poder do dinheiro”, por bens perecíveis… Lamentável!

Não se deixe levar por essa corrente do Mal.

Lembre-se de que existe uma ordenação cósmica. Tudo já está decidido.

Cabe a todos nós eleitores votar com consciência, com discernimento, com a verdade em cada coração, com confiança nas Leis Universais, lembrando que muitas vezes na Teoria do Impacto, a vida gera contrastes para que percebamos algo e que possamos optar por coisas mais elevadas.

Nada acontece ao Homem que não seja do próprio Homem e isto se chama Responsabilidade.

Somos responsáveis por aquilo que cativamos…

Independente deste ou aquele candidato…

Então, silencie se for provocado…

Ore para que o nosso Brasil receba as bençoes de Misericórdia.

Promova a União.

Promova a Paz!

A Ordem e o Progresso.

Sempre com a Luz no Caminho.

Maktub!


Seja o primeiro a comentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *